ANAIS

 O II CNPMT teve como tema  “Uso Público e Biodiversidade: Desafios de gestão e governança em áreas protegidas” tendo como vetor de análise o planejamento e manejo de trilhas em áreas protegidas.

Na promoção deste debate o evento abordou os seguintes temas e afins:

Eixo temático (01): Uso Público,  Conservação e Manejo da Diversidade em áreas protegidas

  • Planejamento e manejo de trilhas
  • Análise de risco, vulnerabilidade e impactos ambientais em trilhas.
  • Trilhas, Geodiversidade e Geoturismo
  • Geotecnologias e aplicações SIG-WEB

Eixo temático (02): Planejamento, Manejo de trilhas e Sociedade

  • Trilhas, Educação percepção ambiental, valoração e interpretação da paisagem
  • Turismo de observação de fauna em trilhas
  • Turismo, esportes e recreação em trilhas
  • Voluntariado ambiental em trilhas

Eixo temático (03): Manejo de trilhas e Biodiversidade em áreas protegidas

  • Biogeografia aplicada ao planejamento e manejo de trilhas
  • Ecologia de Paisagens  aplicada ao planejamento e manejo de trilhas
  • Monitoramento de padrões espaciais e temporais da Biodiversidade em trilhas.
  • Recuperação de áreas degradadas em trilhas; reflorestamento, enriquecimento, bioengenharia, nucleação; controle de invasoras e ruderais.
  • Aspectos ecológicos e socioeconômicos no uso de redes de trilhas em áreas protegidas

Buscando responder, por exemplo, perguntas como:

  • O fluxo e o comportamento dos visitantes nas trilhas pode interferir na dinâmica de populações animais e vegetais e significar um risco à sua manutenção?
  • As trilhas podem caracterizar efeito de borda a ponto de promover a fragmentação florestal significativamente?
  • As metodologias aplicadas no manejo e monitoramento da visitação e seus impactos são eficazes?
  • A implantação de trilhas para a visitação em áreas com diferentes graus de conservação pode ser um facilitador para a migração de espécies generalistas e animais domésticos ferais, por exemplo, com consequências para as populações protegidas locais?
  • Em discussões sobre uso público e manutenção de espécies ameaçadas ou em risco de extinção, que aspectos de governança podem ser considerados efetivos para a gestão de áreas protegidas?
  • Como a implantação de redes de trilhas ou trilhas de longo percurso contribuem para a inclusão social, a manutenção de culturais locais e promoção da Geodiversidade?
  • Estratégicamente a valoração do patrimônio geológico deve ser associada a conservação da Biodiversidade e vive-versa como forma de preservar estas paisagens?
  • As práticas de  Educação e Interpretação Ambiental  aplicadas junto a visitantes em trilhas de áreas protegidas são suficientes para aumentar a Percepção ambiental, valoração e interpretação das paisagens protegidas e contribuir para o manejo da unidade de conservação?

Estas e outras perguntas receberam contribuições e esperamos ampliar a discussão sobre o manejo e uso publico em áreas protegidas no Brasil.

Acesso rápido (Os anais do II CNPMT:  os trabalhos foram publicados por GTs):

Eixo temático 01: Uso Público e Conservação da Biodiversidade em áreas protegidas

Eixo temático 2: Manejo de trilhas e Sociedade

Eixo temático 3: Manejo e monitoramento da Geodiversidade e Biodiversidade em áreas protegidas

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s